Mahavidya Yoga

Halasana
Flávia Venturoli Miranda
18/11/2011

Postura do Arado

halasana  - postura do arado

hala - arado

O arado é um instrumento agrícola que serve para revolver e sulcar a terra, que fica fofa, arejada e ensolarada. O solo, assim rasgado pelo arado, facilita o enraizamento da semente e a irrigação. Sua invenção tem a data estimada em 6.000 a.C. e talvez tenha se dado na civilização do Vale do Indus.

arado manual

O arado é uma das ferramentas mais marcantes da humanidade, pois graça a sua invenção começou haver excedente de alimentos e a população humana disparou em crescimento, formando cidades e iniciando o comércio. É um símbolo da mudança do homem nômade, caçador-coletor, para o sedentário, agricultor e pecuarista. A domesticação de animal da pecuária trouxe o incremento da aração por tração animal.

arado de tração com bufalos

A relevância do arado na mitologia da Índia podem ser podem ser vista nas lendas da Sita, esposa do deus Rama e de Balarama, irmão do deus Krishna.

Os irmãos Krishna e Balarama

 

Sita brota da terra sulcada pelo arado do rei Janaka quando fazia um ritual para ter um filho. Ela foi adotada por ele e por sua esposa Sunayana. Por este motivo, Sita está associada à Bhumi Devi, a deusa da terra e é a protetora da agricultura. Sita é uma avatara de Lakshmi, a deusa da prosperidade, é esposa do deus Rama, que é o 7º avatara de Vishnu. Ela é o símbolo da feminilidade e da esposa fiel. Sua história é contada no épico Ramayana.

Janaka encontra Sita ao sulcar a terra com o arado

 

Balarama é o irmão mais velho do deus Krishna (8º avatara de Vishnu). Outro nome para ele é Halayudha, aquele que porta o arado como arma. Conta a lenda que a deusa rio Yamuna desacatou um comando de Balarama, que furioso usou sua arma arado, hala, e abriu vários braços afluentes para o rio, dragando e desviando o curso da água, irrigando uma grande área do norte da Índia.

Balarama draga o rio Yamnuna criando afluentes

Yamuna percebendo sua negligência perante a esse deus tão poderoso, pediu desculpas e o referenciou. A partir de então, Balarama é reverenciado nos vários tributários do rio Yamuna.

Yamuna pede desculpa a Balarama

Essa região altamente irrigada, parte da planície gangética é tão próspera que foi berço que grandes dinastias e impérios da Índia.

tributários do rio Yamuna

 

Assim, podemos associar o arado, ferramenta e arma de prosperidade com a postura do arado, halasana, como uma maneira de tornarmos prósperos. O arado é uma arma porque sua lança fende, fere a terra e de forma lancinante prepara, revolve, irriga e lavra o cultivo. De tal modo ao cultivamos nossa prosperidade com a prática da postura do arado.

 

O halasana é um viparita, uma postura invertida, como tal, não desperdiçar o amrta, a imortalidade. Fisiologicamente, nessa postura trabalha-se fortemente com o alongamento das colunas cervical e torácica. Facilita a circulação venosa das pernas e aumenta a irrigação cerebral. Por isso mesmo deve ser alcançada paulatinamente e com cautela. É contraindicada para pessoas com glaucoma ou que estão passando por cefaleia ou aumento da pressão sanguínea.

 

Variações

Halasana na parede, quando se inicia a postura em viparita, ou no final para apoiar os pés na parede.

Há muitas variações com os braços:

com as mãos apoiadas nas costelas posteriores;

com os braços pelas costas apoiados no chão com os dedos entrelaçados;

os braços esticados acima da cabeça, segurando os dedos dos pés – urdhva pashchimottanasana abraçando as coxas.

halasana variações com uma perna no chão e outra apontado para o alto, ekapada sarvangasana.

com torção como parshva halasana, quando as duas pernas viram para um dos lados.

com as pernas afastadas em urdhva kona halasana.

Fonte

halasana - Light on Yoga – B.K.S. Iyengar

parshva halasana  - Light on Yoga – B.K.S. Iyengar

urdhva pashchimottanasana - Light on Yoga – B.K.S. Iyengar

ekapada sarvangasana - Light on Yoga – B.K.S. Iyengar

Fontes históricas

Segundo Encyclopaedia of Traditional Asanas – Dr. Gharote – Lonavla

Aliança do YogaAssociação Internacional dos Professores de Youga do Brasil

Ao transcrever o texto na integra ou em parte, identifique o autor.

Rua Dona Leopoldina, 239
próximo ao metrô Alto do Ipiranga

Profa Flavia   11 98430-8509

Profª Rosana 11  97988-8001